Ultimas

Brasil queimou mais de 185 milhões de hectares de biomas em 38 anos

Publicidade

Em 38 anos, entre 1985 e 2022, o Brasil queimou mais de 185 milhões de hectares, uma extensão que representa a soma de toda a espaço da Colômbia e do Chile, ou 21,8 por cento do território pátrio. Os dados são do MapBiomas Lume. Brasil queimou mais de 185 milhões de hectares de biomas em 38 anos

Usando imagens geradas por três satélites Landsat, foi rastreada a ação do queima. De negócio com os resultados, o Denso e a Amazônia foram os biomas mais atingidos, correspondendo sobre 86% da espaço queimada.

Publicidade

O Denso queimou em média 7,9 milhões de hectares/ano, uma espaço equivalente ao território da Escócia, a cada ano. No caso da Amazônia, a média foi de 6,8 milhões de hectares/ano.

Quando analisadas as proporções das áreas atingidas dentro dos biomas, o Pantanal foi mais afetado: teve 51% de seu território consumido pelo queima naquele período. Mato Grosso foi o estado que apresentou maior ocorrência de queima no período analisado, seguido por Pará e Maranhão. Já os municípios que mais queimaram no país foram Corumbá, no Mato Grosso do Sul, São Félix do Xingu no Pará e Formosa do Rio Preto, na Bahia.

Os números mostram que a frequência e a intensidade do queima têm aumentado nos últimos anos, por pretexto do desmatamento e das mudanças climáticas, que afetam as temperaturas e intensificam os períodos de seca.

Os dados completos do mapeamento podem ser acessados gratuitamente na plataforma mapbiomas.org .  O Mapbiomas é uma organização que une universidades, ONGs e empresas de tecnologia.

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *